top of page
  • Foto do escritorStartup Altamap

6 razões para os produtores rurais trabalharem com agricultura digital

Atualizado: 1 de nov. de 2023


produtor rural conectado

Ao expandir as fronteiras tecnológicas, o Agro vem se tornando mais preciso e orientado por dados. 

As mudanças impulsionadas pela transformação digital tem alterado todos os aspectos da sociedade e da economia no Brasil e no mundo. E no Agro não é diferente. Essas transformações são inevitáveis e possuem diversos pontos negativos e positivos como tudo na vida.


Hoje, vamos focar nos pontos positivos da tecnologia digital para a produção agrícola, na possibilidade de garantir lavouras mais produtivas e sustentáveis, como essas mudanças estão ocorrendo e quais os benefícios da agricultura digital. Você vai descobrir algumas razões pelas quais vale a pena começar a digitalizar sua produção agrícola.



1- Todos os dados de produção em um só lugar, facilmente acessíveis

Em vez de gerenciar a produção agrícola em várias planilhas e papéis, os agricultores de sucesso dependem de soluções para gestão digital de sua lavoura com o objetivo de ter todos os dados de produção em um só lugar, com acesso fácil em qualquer dispositivo e a qualquer momento.


Em outras palavras, o produtor ou administrador da fazenda não vai mais precisar investir tempo escrevendo manualmente os dados no caderninho ou inserindo isso tudo em planilhas de excel. Além disso, os dados ficam armazenados na nuvem, ou seja, o risco de perder informações valiosas é menor e os documentos podem ser organizados com base na necessidade do(a) agricultor(a).




2- Planejamento simples da safra

A boa organização já é metade do trabalho realizado. O planejamento da temporada em termos de todas as atividades que serão realizadas ajuda os agricultores a organizar sua equipe e outros recursos necessários para a execução das atividades como a data e quantidade de aplicação de fungicidas, herbicidas, inseticidas, adubos, marcando também o que já foi feito e o que ainda precisa ser feito.

.

Além disso, os produtores rurais bem-sucedidos sempre planejam sua rotação de culturas e seu orçamento por safra. Enquanto a rotação adequada de culturas garante um solo saudável e plantas vigorosas, o plano de orçamento permite aos agricultores alocar seu dinheiro e comparar os custos orçados e reais no final da safra. Ao fazer isso, é possível identificar custos que podem ser economizados e melhorar sua lucratividade na próxima safra.





3- Uma ferramenta poderosa para a gestão de riscos

A agricultura digital é uma das melhores maneiras de fazer a gestão dos vários riscos que um produtor rural corre no dia a dia da fazenda - sejam os riscos evitáveis, ou os inevitáveis como as variações climáticas.


E isso é fato: a produtividade e a rentabilidade da fazenda dependem - na maior parte - das condições climáticas. Portanto, os agricultores precisam ter informações pontuais a respeito da possível ocorrência de pragas e doenças na lavoura, bem como informações sobre possíveis variações climáticas como geadas, queimadas, chuvas em excesso.


Os softwares e as tecnologias atuais ainda não conseguem medir com precisão a ocorrência desses fenômenos climáticos. No entanto, ter uma indicação da possibilidade de riscos climáticos já representa uma otimização no planejamento e na gestão desse risco.



4- Melhoria na utilização dos recursos

O(A)s produtore(a)s rurais que utilizam soluções agrícolas digitais podem reduzir as perdas com base em uma melhor utilização de seus recursos. Um exemplo legal é o processo de adubação/fertilização da lavoura.


Com base no cruzamento de mapas gerados a partir de imagens do drone e análises de solo mais específicas, é possível avaliar o nível de nutrição da cultura por talhão e criar mapas de fertilidade.


Isso permite que os agricultores evitem a fertilização excessiva. Dessa forma, é possível economizar dinheiro com fertilizantes e outros insumos agrícolas e garantir as condições ideais do solo, aplicando os fertilizantes somente na quantidade necessária.


Em outras palavras, a agricultura digital consegue reduzir custos e também perdas financeiras devido a uma melhor utilização e alocação dos recursos do agronegócio.




5- Tomar decisões agrícolas com base nos dados em tempo real

Tomar decisões agrícolas com base nos dados da fazenda/lavoura em tempo real, em vez de usar a intuição, é uma condição essencial para uma lavoura realmente produtiva e lucrativa.


A gestão agrícola orientada por dados fornece uma base para os agricultores na medição de várias condições de cultivo e do solo, usando dados do campo em tempo real, relatórios agronômicos, alarmes de risco e um monitoramento do desenvolvimento da produção.


Em vez de fazer o gerenciamento da produção agrícola em várias planilhas e papéis, os agricultores bem-sucedidos confiam em soluções agrícolas digitais.



6- Relatório para certificadoras e outras instituições

A elaboração de relatórios para auditorias de certificação ou para outras exigências de financiamento agrícola, por exemplo, costuma ser uma tarefa cansativa para o(a) agricultor(a) que já tem muitas outras preocupações.


Mas é uma tarefa necessária, já que é importante para conseguir subsídios, recursos e até mesmo para a certificação da produção agrícola, o que agrega valor ao produto que será comercializado.


A Agricultura digital consegue auxiliar o produtor rural de forma eficiente, economizando tempo na administração das informações. Fazendeiros bem-sucedidos não perdem seu tempo criando relatórios manualmente.


Em vez disso, eles usam soluções digitais nas quais mantém seus registros agrícolas e exportam facilmente todos os dados relevantes para as autoridades em apenas alguns cliques.



No fim das contas...

A digitalização da produção agrícola está entre as principais mudanças que o produtor rural precisa trabalhar nos próximos anos para continuar relevante no setor do agronegócio. Agricultores que não trabalham com agricultura digital continuarão existindo, mas estarão cada vez menos envolvidos na cadeia produtiva da agroindústria.


Com a agricultura digital, a produção agrícola será otimizada para o maior aproveitamento da área e a maior produtividade de forma sustentável. A experiência mostra que os agricultores que já utilizam princípios da agricultura 4.0 aumentaram sua rentabilidade consideravelmente, com números variando ao redor do mundo. Além disso, fazem uma gestão estratégica e de riscos muito mais organizada, maximizando também a produtividade.


E você, já trabalha com soluções digitais na sua fazenda? Conta pra gente!

Comments


bottom of page